logo
barraCinza
barraBranca

Secretário de Cultura da Bahia recebe a escritora Themis

Por Themis Pereira de Souza Vianna

Jorge Portugal - Secretaria de Cultura da Bahia

Ele é muito simples, sorridente e atento às pessoas que recebe. Estou falando de Jorge Portugal: educador, poeta, compositor e Secretário de Cultura da Bahia. Fiquei muito impressionada com a forma muito gentil, simples e afetuosa que nos recebeu, eu e a minha colega.

Em seu gabinte na Secretaria da Cultura

 

Alguns detalhes sobre a sua pessoa

Tomo a liberdade de transcrever parte de seu perfil biográfico constante no site oficial para que os meus leitores gaúchos conheçam um pouco da sua pessoa: ... "Aos dez anos fez as suas primeiras composições musicais. Com Raimundo Sodré, sua obra ganhou projeção nacional no “Festival da Nova MPB 80”, da Rede Globo, em 1980. A canção “A massa” foi classificada e incluída no disco do festival naquele ano. Além de outras composições com Sodré – a exemplo de “Menino triste”, “Vá pra casa esse menino, viu?”, “Coió de Anália” e “Resistência”, Jorge Portugal compôs, com Roberto Mendes, músicas como “Vida vã”, “Vila do Adeus”, “A Beira e o mar”, “Amor de matar”, “Assim como ela é” e “Caribe, calibre: Amor (Amaralina)”. A última composição participou do Festival dos Festivais da Rede Globo, em 1985... suas canções já foram interpretadas por artistas como Maria Bethânia, Gal Costa, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Raimundo Sodré, Roberto Mendes, Daniela Mercury, Margareth Menezes, Lazzo Matumbi, Tânia Alves, Elba Ramalho, Jorge Aragão, Maria Creuza e Ara Ketu, entre outros."

É também autor dos livros “Se escola fosse estádio e educação fosse Copa…” e “Redação: assim é fácil”.

Jorge Portugal em palestra na Procuradoria Geral do Estado (Bahia).Foto de arquivo.

 

Minha visita foi para entregá-lo o meu projeto de divulgação das riquezas turísticas do estado da Bahia e, ao mesmo tempo, presenteá-lo com o meu recém lançado livro sobre o Dia D. Fiquei lisonjeado com o seu comentário tanto sobre o meu projeto quanto sobre o livro, que classificou como "de alta qualidade com belo acabamento".

Destacou, dizendo — O que estou recebendo em mãos vai direto ao encontro da razão do meu trabalho na Secretaria da Cultura, onde o meu dever é de executar a política de apoiar a cultura, preservar a memória e o patrimônio cultural do Estado e promover o desenvolvimento do turismo e do lazer. Este projeto me impressiona no destaque que dá à importância do turismo além de se mostrar conhecedor da nossa riqueza de paisagens naturais e dos patrimônios históricos. O projeto incentiva a exploração do turismo histórico, prática que a Europa é pioneira.

 

Satisfeita

Ao fazer uma avaliação da visita, afirmo que essa foi uma das visitas oficiais que me fez sair muito satisfeita pelo boa acolhida de um homem público. Não é em vão que ele é tão popular.

Ao entregá-lo o meu livro sobre o Dia D.

Jorge Portugal - Salvador (BA)

institucional anuncie contato