logo
barraCinza
barraBranca

A identidade de uma música

Por Themis Pereira de Souza Vianna

 

A identidade de uma música

 

 

Lembrando a infância dos meus dois tesouros.

 

Foi um vídeo de uma música de John Mayer que me despertou esta crônica. A letra da canção  "Daughter" começa falando de uma menina de caráter enigmático que "põe colorido dentro do seu mundo". Uma metáfora que expressa os vários sentidos e a importância que esta garota projeta na vida do compositor. 

 

A caçula nos meus braços

 

A Pamela numa imagem que me enche de orgulho.

 

A melodia é de alta sensibilidade lírica e suas batidas formam um mix de blues combinando com outros sons pops. Fiquei muito emocionada ao ver e ouvir o vídeo. O conteúdo cantado se impregna na relação entre pais e filhas, ambos em seus mundos distintos. Pede que elas sejam amadas pelos pais para que, quando se transformarem em mães possam igualmente amar, por sua vez, as suas filhas.

Me identifiquei muito com a música e comecei a pensar sobre a minha infância e adolescência na condição de filha, migrando de imediato os pensamentos, às minhas duas filhas. Mas como dizem, o passado não descola da gente. Tive o meu tempo de menina e de moça e lembro como é importante, ou, como, às vezes, falta na vida de uma garota a figura de um pai. Aquele pai sempre presente. Aquele pai que orienta, ampara e ama.

 

Li num artigo de Cibele Scandelari uma frase interessante, contestando as versões, que na educação o papel da mãe é o mais importante. "Porém, o fato de alguns homens, tristemente, abdicarem da alegria de educar seus filhos e de fazer parte da vida e do crescimento deles não anula o que suas presenças poderiam ter feito ou o que elas poderiam ter contribuído para o desenvolvimento das crianças, futuros adultos".

Na minha opinião, filhos e filhas precisam de pai e mãe de forma presencial em suas vidas. Como diz uma parte da letra da música de John Mayer: "Vou seguir os seus passos de coração na mão". Ou seja, acrescendo ilustrando: sempre estarei na tua presença, mesmo ausente. Bonito!

Música - Themis Pereira de Souza Vianna

institucional anuncie contato