logo
barraCinza
barraBranca

Conferindo a impressão na gráfica

 

A autora Themis Pereira de Souza Vianna vai à gráfica e confere o serviço de impressão de seu livro sobre o Dia D

 

 

Um livro até chegar às mãos passa por muitas etapas. Tudo começa com uma ideia, aquele momento no qual o autor vê brilhar uma luz inspiradora  e decide escrever.

Um livro é uma longa sucessão que inicia com a primeira linha e vai até a última palavra da última frase. Dependendo da obra, esse decurso pode levar meses e anos.

Depois vem a etapa da editoração, que responde pela beleza visual, desde a fonte escolhida para o texto até às cores das páginas, o enquadramento das ilustrações e das fotografias.

Vencida essa fase, chega o tempo do livro ir à gráfica, onde também há fases. A primeira é aquela processada no birô, chamada de pré-impressão. Essa é enviada aos revisores, tanto do texto quanto das cores. A revisão devolve, depois vem a chamada "prova imposta". Se forem verificados erros, uma nova prova se torna necessária. A impressão final somente começa quando não há mais vestígio de falhas. O passo seguinte após a impressão, é o acabamento. Inclui tudo aquilo que é posterior à impressão e anterior ao material estar totalmente finalizado: cortes, refile, aplicação de vernizes e encadernação.

Para alcançar o resultado almejado, a autora, Themis Pereira de Souza escolheu uma das mais premiadas gráficas, a Pallotti Art Laser. Nesta quinta-feira, (6/10), ela foi conferir a impressão no parque gráfico, em São Leopoldo.

Parque gráfico da Pallotti Art Laser 

Uma das etapas de impressão.

Themis ficou impressionada com a tecnologia das máquinas, ao ver partes da impressão final.

 

O que disse a autora

— Fico feliz ao ver a precisão e a qualidade da impressão. As cores das fotos estão perfeitas e o texto bem nítido. Estou convicta que os meus leitores terão em mãos um livro de alta qualidade em todos os sentidos! — afirmou, entusiasmada, a autora.

 

Dia D - Livro

institucional anuncie contato