logo
barraCinza
barraBranca

Paulo Sant´Anna nos deixa

Paulo Sant´Ana nos deixa

 

Por Themis Pereira de Souza Vianna

 

Um dos jornalistas mais conhecidos no Rio Grande do Sul, Paulo Sant´Ana nos deixou no fim da noite de ontem. Tinha um histórico de câncer de rinolaringe somado a outros problemas de saúde, vencido por insuficiência respiratória e infecção generalizada.

Durante um longo tempo, a sua coluna de crônicas no jornal Zero Hora foi uma das mais lidas. Na televisão, também por muitos anos, imprimiu a sua marca de humor e irreverência no Jornal Almoço na RBS TV. Alcançou a maior longevidade em tempo de trabalho na empresa.

Sant´Ana foi um personagem de si mesmo. Irreverente, audacioso, franco, sonhador e polêmico. A sua coluna na Zero Hora, no meu ver, era uma verdadeira crônica do cotidiano. Escrevia sobre todos os assuntos. Antes de parar com o seu texto, por motivo de saúde, em várias de sua crônica ele falava sobre a sua própria morte e sobre o seu enterro.

Hoje, muitos de seus sonhos estão se realizando. O velório na Arena, estádio do seu time de coração. O dia de hoje, a própria natureza, o homenageia com um lindo céu azul, a sua cor amada do seu amado Grêmio.

Curiosamente, ontem à noite, ele faleceu momentos após o término do jogo do Grêmio com uma vitória de 3x 1. De certa forma, uma homenagem derradeira prestada pelo time ao seu maior torcedor.

Hoje, no jornal que ele passou a sua vida, há belas afirmações de seus colegas: “Ele continuará sendo a cara da RBS”, afirma Nelson Sirotski. “Porto Alegre é um pouco da cara de Sant´Anna”, David Coimbra. “Me tornei este jogador graças a ele”, Renato Portallupi. A afirmação, porém, que mais me impressionou foi a de Wianey Carlet: “O dia em que Sant´Anna ficou em silêncio”.

De minha parte, em assino essas afirmações sintéticas e profundas.

Paulo Sant´Anna é um ícone, um emblema, uma marca. Uma pessoa assim, mesmo partindo, ficará na memória do povo e, com certeza, será nome de praças, avenidas, ruas, prédios, estádios, ginásios esportivos e tema de muitos livros e de um grande documentário.

 

 

Themis Pereira de Souza Vianna

institucional anuncie contato