logo
barraCinza
barraBranca

Destaque para Isabelle Attard

 A deputada francesa Isabelle Attard visita o Brasil

Isabelle Attard é deputada na França desde 2012. É graduada em História e doutora em Arqueologia Ambiental. É também secretária da Comissão dos Assuntos Culturais e de Educação na Assembleia Nacional.

 

Por Themis Pereira de Souza Vianna

 

     A chegada da deputada francesa Isabelle Attard ao Brasil, mais precisamente, a João Pessoa, Paraíba, interessa-me noticiar e comentar. Ela é uma das principais interlocutoras do projeto de integração França/Brasil. A empresa EXCLUSIVE Brasil Mundo, desde a sua fundação, tem a internacionalização como plataforma de sua metas de trabalho. Uma base com várias abrangências: no histórico, no cultural, no turístico e no ecológico. Este é o elo que nos une e é este o motivo que me leva a escrever a seu respeito. 

     Tive a oportunidade de conhecê-la em 2014 durante as comemorações dos 70 anos do Dia D. Pude constatar a sua versatilidade e a sua grande capacidade agregadora. É uma verdadeira líder. E em cima de seus méritos elegeu-se deputada pelo distrito de Calvados, Normandia. Mas o seu mérito é mais abrangente ainda. Valorizou o estudo e formou-se em História pela Universidade de Orleans. Em 1990 mudou-se para Gothenburg na Suécia.

     Mudou-se em 1992 para Kiruna, norte da Suécia, onde trabalhou como consultora em turismo e contribui para o desenvolvimento do turismo para os francófonos na região. Em 1996 formou-se em arqueologia na Universidade de Umea. É a maior cidade ao norte da Suécia e dista apenas a 400 quilômetros do círculo ártico. A cidade abriga cerca de 40 mil estudantes universitários e possui a ópera mais setentrional do mundo.

    Isabelle não parou por aí. Em 1997 voltou à Paris e matriculou-se na Sorbonne onde se aprofundou em arqueologia ambiental. Em 2002 foi pesquisar na África do Sul. Em 2010 doutorou-se em arqueologia ambiental.

     Isabelle Attard está no mandato de deputada desde 2012 e ocupa o cargo de secretária da Comissão dos Assuntos Culturais e de Educação na Assembleia Nacional. É também presidente do grupo parlamentar de Amizade França e Suécia.

  O motivo que a levou à Paraíba é receber o prêmio "Waldemar Duarte" da ABRAJET/PB. O prêmio é atribuída a deputada por vários motivos, um deles por aproximar as duas cidades homônimas: Bayeux da França com Bayeux da Paraíba. Possibilitou o contato dos habitantes das duas cidades e sugeriu a criação de uma ONG para fortalecer os laços culturais.

  Aliança Bayeux Franco-Brasileira no Brasil, presidida pela vereadora Célia Domiciano, já a Alliance Bayeux France Brésil na França, é presidida pela brasileira radicada naquele país por Gisele Danin.

     Não só aplaudo as iniciativas da deputada Isabelle Attard, mas me associo a elas. Sei que a minha empresa, a Editora Exclusive Brasil Mundo, caminha com os mesmos propósitos e a Isabelle será uma das grandes articuladoras para pactuarmos uma bela aliança de trabalho.

 

        

Isabelle ao centro. À esquerda, Sarah Albert e à direita Estelle Loret. 

França

institucional anuncie contato