logo
barraCinza
barraBranca

Helene Fischer a nova popstar europeia

 

                         

 

Por Lauro Patzer

 

Helene Fischer, 29 anos, é a cantora pop em evidência na Alemanha. Não é por menos, já vendeu seis milhões de cópias e arrebata os mais cobiçados prêmios musicais. Começou a vida artística em 2005. Já conquistou três vezes o prêmio "Echo", equivalente germânico do "Grammy" norteamericano. Duas vezes o "Krone der Volksmusik". Todos os seus álbuns chegaram ao disco de ouro ou platina. Em 4 de outubro de 2013 lançou o álbum Farbenspiel, que recebeu platina após 5 dias na Alemanha, Dinamarca e Áustria. É o lançamento mais bem sucedido de uma artista feminina alemã na primeira semana de lançamento nos últimos 10 anos. Em junho de 2014, seu álbum "Farbenspiel" se tornou o álbum mais baixado legalmente por um artista alemão de todos os tempos.

                          

Ela canta o gênero conhecido na Alemanha por "Schlager". São trilhas doces, altamente sentimentais com uma melodia simples, leves e líricas. O tema é o amor, relacionamentos e sentimentos, enfim o dia a dia. Com ele alcança praticamente todas as idades.

Desde maio de 2008 ela está namorando Florian Silbereisen . Em outubro de 2011 Helene Fischer passou a ter a sua  própria figura de cera no Museu Berlim Madame Tussauds.

A carreira de cantora ela deve a sua mãe. Gravou cinco músicas da filha e as distribuiu pelas gravadoras. Não tardou, recebeu o primeiro convite. Em 2005 já era sucesso.

        

Mas, Helene, não é apenas cantora. Graduou-se pela Escola de Música e Teatro de Frankfurt, onde estudou música e arte teatral. Conhece a teoria musical e a representação em palco.

No dia 15 de junho, quando os jogadores da Seleção da Alemanha foram recebidos em Berlim, foi convidada a subir ao palco montado no monumento de Brandenburgo, para recepcioná-los com um de seus sucessos. 

Alemanha - Helene Fischer - Música - Schlager Musik

institucional anuncie contato