logo
barraCinza
barraBranca

MEUS AMIGOS, MEUS HERÓIS

Quando um amor morre, os amigos vêm ao enterro. Eles carregam a cama de casal como um caixão.

Eles não deixam você dormir sozinho, não deixam você sofrer sozinho.

A casa fica cheia de repente. Amigos entram, amigos saem, amigos se revezam em turnos alternados.

Quem escuta de fora jura que é uma festa, ambiente tomado de vozes, luzes e contundências, mas não é. 

Um amor morreu e os amigos não querem que a separação faça vítimas.

Um amor morreu naquela casa e os amigos vestem preto e seguram as argolas do sentimento até o fim do rímel.

É comovente o socorro emocional. Em menos de meia hora, todos estão ali na soleira da porta, batendo o interfone, não aceitando nenhuma negativa para entrar.

Os amigos ordenam o que deve fazer e você apenas obedece - já que está acabado, destruído, aniquilado pela perda.

Você se debulha em lágrimas e os amigos emprestam as mangas das camisas.

Você grita e os amigos apressam o eco.

Você não dorme e os amigos contam histórias de infância.

Meus amigos são meus pais no desespero. São minhas mães na dúvida. São meus cúmplices na dívida.

Meus amigos não me condenam, não me julgam, estão muito mais preocupados em me salvar.

Meus amigos são babás, orixás, mantras. Passam a coordenar os movimentos domésticos: realizam as refeições, arrumam o quarto, vão ao mercado repor a geladeira.

Criam um sistema antissuicídio: escondem a chave do carro, esvaziam as cartelas de remédios e não me abandonam nem por um minuto. Só falta taparem as tomadas.

Meus amigos são meus heróis quando sofro, quando perco a esperança de acordar.

Os amigos pedem dispensa do trabalho para recuperar meu ânimo.  

Os amigos fogem de suas obrigações para repor minha fé.

O amor está morto na sala, e os amigos ao redor perguntando o que houve, como estou me sentindo.

Os amigos ao redor tramando carinho em meus cabelos, me confortando com suas experiências parecidas, dando colo para a confissão.

Eu acredito no amor porque tenho amigos. Eu acredito que o amor ressuscita porque tenho amigos. Eu já vi muito amor morto levantar de meus olhos.

Quando um amor morre, só os amigos para lhe manterem vivo. Não esqueça de agradecê-los. 

Amor

institucional anuncie contato